posted by | on , , , , , , , , | No comments

banner-carnaval

O Ministério das Cidades em parceria com o Denatran propõe a conscientização dos motoristas em respeito às leis de trânsito.
No dia 18 de setembro de 2011 foi lançada a Semana Nacional de Trânsito em todo o país com o tema “Juntos Podemos Salvar Milhões de Vida”.

A Semana teve como objetivo provocar a reflexão de motoristas, motociclistas, pedestres e ciclistas sobre as regras de trânsito para beneficiar a sociedade.
O grande desafio da campanha é minimizar o número de acidentes e óbitos causados por desrespeito às leis e imprudências ao volante.

O foco da campanha é fazer com que as pessoas além de obedecerem regras e placas que vêem no dia a dia como: “Perigo! Alta Tensão” ou “Cuidado! Cão Bravo” respeitem também as regras e placas de trânsito como: “Pare”.

A campanha será realizada em todos os estados brasileiros, com diversas ações e blitz educativas promovidas pelos Detrans.

Pare, pense e mude! Faça parte dessa campanha e ajude a divulgar as ações pela vida. Você pode fazer o download de todo o material da campanha aqui no nosso site.

http://www.paradapelavida.com.br/

posted by | No comments

Condutores,
mais do que postar dúvidas do dia a dia de quem está (re)aprendendo a dirigir, nossa missão é dar dicas, macetes, esclarecer dúvidas, tentar facilitar as coisas, acolher, ajudar a encontrar o equilíbrio emocional. Mas também é tentar sensibilizar para a conscientização de que direção defensiva não é só conteúdo e questão de prova teórica nos CFC´s. Direção defensiva é atitude para a vida no trânsito e deve ser incorporada como uma filosofia às nossas práticas como motoristas.

Vem chegando as festas de final de ano e fico pensando em quantos motoristas vão se colocar, e a seus passageiros e outros inocentes, na condição de vítima de acidentes de trânsito por diversos motivos: pressa de chegar no destino, saudade da namorada, esposa, filhos, alegria embalada pelo álcool que faz a gente querer chegar mais rápido. A ideia não é assustar vocês, colocar fotos e vídeos fortes de acidentes, pois quem está aprendendo a dirigir já tem motivo demais prá sentir medo. Não, a ideia não é essa. É tentar multiplicar a ideia de segurança no trânsito mesmo quando estamos fora do carro.

Cada um de nós vai beber alguma coisa alcoólica nesse final de ano e nos demais dias do ano; vamos conhecer pessoas, amigos, estranhos, que vão beber e vão dirigir. Vamos ligar a TV e ver aquelas imagens horríveis de congestionamento, de acidentes, de famílias morrendo no dia de Natal, por dentro e por fora. Para muitos, o dia não vai terminar e todos nós estamos sujeitos a isso nessas estradas repletas de gente indo para o mesmo lugar: os braços da mãe, da esposa, da namorada, dos filhos, para a curtição com os amigos, para a praia, a balada, para as férias. Mas todos estamos sujeitos a sermos vítimas de alguém que agiu com imprudência (sabia dos riscos de beber e dirigir e mesmo assim os assumiu), com imperícia (não sabe dirigir bem o carro), com negligência (ignorou os riscos e os resultados de beber e dirigir).

As dicas e os macetes do blog para que todos nós, motoristas, pasageiros, caronas, pedestres, ciclistas, motociclistas, e os demais que estão no trânsito louco das festas de final de ano cheguemos vivos ao nosso destino são simples, são para o dia a dia:

1. Pare de pensar no Código de Trânsito como o fato gerador e alimentador da indústria da multa: se pensarmos assim vamos ficar críticos demais, vamos ter razão demais, vamos pensar nos políticos corruptos, na fábrica de dinheiro que o trânsito gera, vaos até ter alguma razão, mas esses políticos corruptos, esses corruptos do Detran que muitos motoristas sustentam, ou a própria indústria da multa não estão nem aí com a gente. se não nos preocuparmos com nossa segurança e não dirigirmos defensivamente vamos morrer, vamos ficar mutilados, amputados, vamos mutilar e matar os sonhos das outras pessoas. Vamos virar estatística. Então, aja nao pensando na multa, mas na segurança, nas vidas que temos de preservar, inclusive a nossa.

2. Não tenha pressa prá chegar: você já está de carro, vai chegar mais rápido de quem vai de ônibus ou a pé.

3. Mantenha a calma e não discuta no trânsito. Nunca discuta com um apressadinho ou nervosinho do trânsito, pois eles vão fazer você se sentir como eles, vão te rebaixcar ao nível deles e te vencer pela experiência. Deixa o cara ir, dá a vez, cede a preferencial e curta a viagem sem problemas. Você nunca sabe quem está dentro do outro carro: um bandido, um drogado, um bêbado, ou algué predisposto a acabar com a festa dos outros.

4. Pelo amor de Deus, meu irmãozinho, só ultrapasse com segurança, sinalize tudo, não confie demais na sua habilidade nem no motor do carro. Tudo bem que o Natal é o nascimento de Jesus, mas não queira se antecipar e ir falar com ele mais cedo.

5. Mantenha a distância necessária do carro da frente e esteja pronto caso dê bosta lá na frente para que você consiga frear com segurança e evitar outro acidente

6. Não se distraia com a paisagem, olhando acidentes ou com qualquer outra coisa: foco na direção, no volante, visão periférica, ampla de tudo. Se antecipe à qualquer situação no trânsito, desconfie de todo e qualquer motorista, não ande colado na traseira dos outros.

7. Se estiver num engarrafamento, trânsito lento ou parado de vez, mantenha a calma. Converse com sua família, conte piadas, cante uma música, imaginem a alegria de quem os está esperando. Se o trânsito parar de vez, sorria para o motorista do lado, comente sobre qualquer coisa, cumprimente, faça amigos no trânsito. Seja amistoso, faça um sinal de positivo e cuca fresca para continuar a viagem.

8. Não deixa para revisar seu carro em cima da viagem: faça as manutenções preventivas, chegue nível de água, de óleo, alimente-se com comidas leves, use roupas confortáveis e durma bem antes de viajar.

Parece papo repetitivo, chato, né? Mas todo final de ano é assim e os acidentes de trânsito também se repetem.

Vamos fazer a nossa parte no trânsito. Dirigir defensivamente, com segurança, é uma forma de compartilharmos a vida, de zelar e cuidar dela.

Não tenho qualquer vínculo com a empresa que aparece nesse filme, mas a mensagem…. ah, essa é extraordinária. vejam a reação dos motoristas e percebam que somos todos iguais no trânsito, somos todos frágeis, somos todos responsáveis. No fundo, todos queremos a mesma coisa: chegar vivos!

Nessas festas de final de ano não vamos matar os nossos sonhos nem os dos outros: se você for dirigir, não beba. E se for de carona, não entre em carro guiado por motorista que bebeu e dirigiu. Direção defensiva sempre! Para nos mantermos vivos no trânsito.

Boas festas, condutores!

posted by | No comments

Anos atrás, um diploma de 2º grau e a disposição para trabalhar era tudo o que a maioria das pessoas precisava para se aventurar no mercado de trabalho e iniciar uma carreira. Hoje as coisas mudaram. O cenário é o de uma economia altamente competitiva e nem o diploma de segundo grau ou mesmo o de nível superior garantem o sucesso profissional. É preciso que se tenha uma boa formação e um certo preparo adicional em aspectos relativos a empregos, conhecimentos e aptidões. Pode parecer distante o dia em que você terá que iniciar a sua carreira profissional, mas quando menos esperar, esse dia chegará.
Para estar preparado, será preciso ter um desempenho ainda melhor do que o da sala de aula. Será necessário identificar e tirar vantagem de todas as oportunidades que sua faculdade oferece.
Descubra quais os campos profissionais que lhe oferecem as melhores perspectivas, comece a planejar o rumo de seus estudos e a adquirir as habilidades que as empresas querem ver em seus funcionários – desde o mensageiro e o motorista até o presidente da empresa.

Faça uma lista de profissões a partir de coisas que você gosta

Pense em tudo o que você gosta de fazer e concentre-se naquelas atividades que poderiam levá-lo a uma carreira bem-sucedida. Nunca é cedo demais para começar a pensar no assunto e explorar todas as possibilidades. Uma maneira simples de começar é fazer uma lista completa das coisas que aprecia: nadar, jogar futebol ou basquete, ouvir música, tocar algum instrumento musical, desenhar ou pintar, fazer alpinismo ou camping – faça a maior lista que puder. E aquele trabalho de meio período depois das aulas? E o computador? Que tal consertar o carro?

Depois faça uma lista das coisas nas quais você se destaca. Tudo o que parece tirar de letra. Se pensar em tudo o que faz com regularidade, até mesmo naquelas atividades que não gosta de realizar, você certamente irá relacionar muitas coisas nas quais é muito bom. Não se esqueça dos esportes, mesmo jogar videogame e xadrez; ou das distrações como navegar na internet, montar aeromodelos e maquetes. Compare as suas duas listas para verificar se há atividades compatíveis. Faz muito sentido pensar que se você realmente gosta de uma certa atividade e a faz com perfeição, certamente terá condições de ganhar a vida desempenhando esta atividade. Observe que os profissionais mais brilhantes não encaram suas atividades como trabalho. Exatamente por fazerem o que mais gostam suas profissões não são nenhum sacrifício.

Bem, agora leve as listas que você preparou à biblioteca da sua escola ou de sua cidade. Entre também na internet para pesquisar todos os campos de trabalho relacionados às carreiras que escolheu. Outras fontes de informação sobre carreiras profissionais são as pessoas que o cercam – seus pais, amigos, parentes, professores ou o seu chefe, se você já tem um emprego.

posted by | No comments

Medidas que diminuem riscos e garantem sua tranquilidade.

  • Ao sair de sua residência, certifique-se de que portas e janelas estejam devidamente fechadas. Não deixe chaves dentro de vasos, debaixo de tapetes, etc.
  • Dificulte a ação dos ladrões. Instale grades nas janelas, olho mágico e trancas nas portas. Nunca deixe portas e portões abertos, mesmo que tenha alguém em casa.
  • Só contrate empregadas domésticas com referências anteriores.
  • Antes de sair ou entrar em casa ou na garagem, observe se há alguém ou algum grupo de pessoas ou carros suspeitos nas proximidades.
  • À noite, mantenha um bom sistema de iluminação externa.
  • Fique atento! As pessoas que fazem pesquisas ou que prestam outros tipos de serviços devem estar com a credencial da empresa e também com a carteira de identidade.
  • Não utilize qualquer tipo de identificação no seu chaveiro. Isso facilita a localização de sua residência.
  • Quando observar luzes acesas ou barulho em casa de vizinhos que estejam viajando, chame a polícia.
  • Quando for viajar, comunique sua ausência a um vizinho de confiança. Suspenda temporariamente a entrega de revistas e jornais, ou solicite ao vizinho que recolha suas correspondências.

Evite acidentes domésticos:

  • Vede as tomadas com protetores especiais. Isso evita que as crianças brinquem com as tomadas.
  • Coloque corrimão em todas as escadas.
  • Mantenha medicamentos e produtos tóxicos fora do alcance de crianças.
  • Durante trovoadas, desligue os aparelhos eletroeletrônicos da tomada.
  • Não ligue vários aparelhos elétricos em uma mesma tomada.
  • Ao sentir cheiro de gás de cozinha, não acenda luzes, velas, cigarros, ou qualquer fonte de calor ou objetos que produzam faíscas.